Rapidinha #05 – Tipos Textuais

0

Os tipos textuais são classificados em função de aspectos estruturais, assim como por seus objetivos e também por suas finalidades. Com base nestas características, cinco são os principais tipos textuais: as narrativas, os textos descritivos, as dissertações, os textos expositivos e os injuntivos.

AS NARRATIVAS
Os textos narrativos têm como principal marca a existência de um enredo, no qual os personagens existentes desenvolvem determinadas ações em um determinado espaço e intervalo de tempo. Pode-se então perceber que se trata de textos narrados por um narrador, nos quais são inseridas personagens, principais ou secundárias, em um determinado espaço durante um período de tempo, o qual pode ser psicológico ou cronológico.
A história narrada tende a se desenvolver em quatro momentos narrativos: a apresentação, ou introdução; o desenvolvimento; o clímax; e o desfecho. A introdução do texto é o momento em que o narrador caracteriza os personagens principais da história, assim como o espaço e o tempo em que essa se desenvolve. Ao longo do desenvolvimento, são apresentados acontecimentos relevantes a narrativa. Os acontecimentos apresentados no desenvolvimento direcionam os personagens e suas ações ao clímax, momento em que a trama atinge seu ápice. Durante o clímax, são narrados os acontecimentos mais impactantes da história, os quais resultam no desfecho, momento narrativo em que são apresentadas as consequências do clímax e dos acontecimentos anteriores, assim como seu impacto sobre as personagens.

TEXTOS DESCRITIVOS
A grande marca dos textos descritivos é, como o próprio nome sugere, a descrição. São textos nos quais são apontadas características, aspectos e detalhes de um determinado objeto, lugar, acontecimento ou indivíduo. Sua estrutura é marcada pela utilização de adjetivos, verbos de ligação, comparações e metáforas.

A DISSERTAÇÃO
Os textos dissertativos são elaborados por seus autores com o propósito de defender ideias, em função disso, são textos geralmente opinativos e persuasivos, ainda que por vezes impessoais. Desta forma, são obras fundamentadas em argumentação e encadeamento de exposições a respeito de um determinado tema. Estruturalmente, os textos dissertativos costumam ser desenvolvidos em três trechos: tese, antítese e síntese. A tese, apresentada durante a introdução do tema, ou seja, no início do texto, apresenta a ideia ou tema a ser abordado durante o tema.
A antítese, também conhecida como desenvolvimento, é o momento textual no qual o autor explora determinados argumentos para validar ou refutar a tese apresentada. Já a síntese, é o produto da contestação da tese pela antítese, ou seja, representa a conclusão do autor a respeito do tema abordado através dos argumentos utilizados.

TEXTOS INJUNTIVOS
Os textos injuntivos são também denominados instrucionais. Sua elaboração decorre da necessidade do autor de explicar uma de terminada metodologia para a realização de algo. Os principais exemplos de textos injuntivos são os encontrados em receitas culinárias e manuais de instruções. É característica marcante deste tipo textual a presença de verbos no imperativo.

TEXTOS EXPOSITIVOS
São textos elaborados com a pretensão de se expor um determinado tema. Sua principal função é a de descrever, definir, conceituar, enumerar ou comparar determinadas informações.
É um tipo textual muito frequentemente visto em seminários ou palestras, eventos em que o interlocutor objetiva discutir ou explanar um determinado assunto. Além destes, são também exemplos de textos expositivos os verbetes de dicionários e também das enciclopédias. Quanto a sua finalidade, os textos expositivos são classificados em: informativo-expositivo, quando transmitem informações, e expositivo-argumentativo, quando formulados para defender determinada posição a respeito de um determinado tema).

VEM SER GALILEO!
Deixe seu e-mail abaixo e te mostraremos como ser aprovado na universidade dos sonhos ;D
Fique tranquilo, não mandaremos spam..

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here